Com que casaco? Saiba as diferenças entre eles

Foto:Maegan Tintari / Creative commons

Foto:Maegan Tintari / Creative commons

Embora no Brasil a primavera esteja à porta, no hemisfério norte o frio vai chegando timidamente, mas logo reinará. Quando nos preparamos para viajar ao exterior nesses períodos, sempre surge a dúvida de quantos casacos levar, se são adequados aos lugares e as diferenças entre essas sobreposições.

Resolvi, então, falar dessas diferenças e enumerá-las:
  • Blazer – é uma peça avulsa e versátil, podendo ser usada com jeans, vestido ou peças em alfaiataria. Na maioria das vezes, tem lapela da mesma cor e possui até três botões ou nenhum. Seu tamanho é variante.
  • Bolero – é uma sobreposição feminina curtinha, que termina logo abaixo dos seios.
  • Cardigã – casaco em algodão ou lã com modelagem mais sequinha. Temos com botão ou zíper.
  • Casaqueto – é um casaco curto feminino, imortalizado por Chanel, de corte reto e acinturado. Assim como o cardigã, dependendo do tecido, botões e detalhes, pode ser usado em ocasiões mais formais ou mais esportivas.
  • Doudones – são casacos acolchoados de nylon com comprimentos variados, mas geralmente largos.
  • Jaqueta – casaco de comprimento médio, com botões ou zípers, e em materiais variados, como jeans, algodão ou nylon.
  • Manteau – capa longa de lã fina, com corte reto e, em geral, com poucos ou nenhum detalhe.
  • Paletó – se completa com uma calça da mesma cor e tecido. Pode ser de dois, três ou quatro botões para homens e mulheres. Chamado de terno, terninho (feminino) ou costume.
  • Parca (anoraque) – é um casaco com capuz e impermeável, com influência militar, usado, em geral, no universo esportivo, mas foi adaptado para as ruas. Possui tecido mais grosso, bolsos largos e amarrações.
  • Perfecto – jaqueta acinturada e de comprimento mais curto do que as demais. Em geral, é de couro.
  • Pulover – é um tipo de sueter mais ajustado ao corpo, mais feminino.
  • Saharienne – considerado uma versão feminina do uniforme dos soldados ingleses, nos remete aos casacos usados em safari e foi imortalizado pelo estilista Yves Saint Laurent.
  • Sobretudo – casaco de lã grossa, com corte reto e que, de tão longo, cobre praticamente todo o corpo.
  • Spencer – tem todas as características do blazer, sendo mais curto, terminando um pouco abaixo da linda da cintura.
  • Suéter –  é o cardigã sem botões ou zíper. São usados em qualquer estação do ano, pois são leves.
  • Trench coat – é um casaco 3/4 na altura dos joelhos, acintura e amarrado por cinto. Devem ser usados com peças mais formais.
  • Varsity jacket – é uma jaqueta com símbolos colegiais, que cria o estilo college.
São muitos tipos, mas, em geral, usa-se de três a quatro desses, dependendo do estilo adotado, seja clássico, romântico, esportivo ou outro.
Espero ter contribuído para o seu conhecimento. Um grande abraço e até semana que vem.

mayrinne  Eu sou Mayrinne Meira Wanderley, historiadora, mestre e doutora em Sociologia (PPGS/UFPB), com ênfase em consumo, e professora de Design de Moda do Unipê. Estou aqui para falar de roupas, moda e modismos para vocês. Um grande prazer.  Sejam sempre muito bem-vindos.